Boné Trucker: Muito além de um acessório de moda!

Boné Trucker: Muito além de um acessório de moda!
19 de dezembro de 2018 Alexandre Lenz

Você já parou para se perguntar qual é a origem dos bonés e dos chapéus em geral?

Sabe-se que, desde a Idade Antiga, no período de formação das primeiras civilizações, as pessoas usam acessórios na cabeça. Fitas para segurar os cabelos, tiaras, turbantes e coroas são alguns exemplos. Eles eram utilizados, em sua maioria, como símbolos, podendo ser social, como a representação da classe nobre (pobres e escravos não podiam usá-los), ou religiosa (usado para fins religiosos, como cerimonias e para representar uma hierarquia).

No início da civilização clássica, a Grécia foi o povo com maior destaque e relevância. Eles são os formadores da sociedade atual, com influências em todas as áreas do conhecimento, como na ciência, religião, sociedade e cultura. Não podia ser diferente com o vestuário.

Os gregos são muito conhecidos pelas suas viagens e migrações/diásporas (não é de se espantar, já que a Grécia foi formada pela junção de diversos povos nômades). Em suas viagens, era muito comum o desgaste devido ao sol e ao calor intenso. Por isso, eles criaram o Pétaso, ancestral direto dos chapéus como conhecemos hoje.

O Pétaso nada mais é do que um chapéu com abas largas e com a copa pouco elevada. -derivado direto do Pétaso foi o Píleo, que era a sua versão sem abas e com formato cônico, O famoso Robin Hood, que lutava pelos mais pobres e pelas camadas mais oprimidas, usava, originalmente, um Píleo com uma pena, representando essa luta pelo direito dos “mais fracos”.

No Império Romano, os escravos emancipados utilizavam o “Barrete Frígio” como símbolo de liberdade uma espécie de boina, parecido com o Píleo, porém com o topo encurvado, mais parecido com uma touca.

Hoje, bonés são objetos indispensáveis no dia a dia de todos os países do mundo. Praticamente todas as pessoas do planeta Terra em algum momento de suas vidas já utilizou um boné na cabeça por algum motivo, seja para se proteger do sol, para divulgar um produto ou serviço, para prender o cabelo, ou simplesmente (e essencialmente) como um acessório para compor o estilo, já que o boné é um item que se bem combinado deixa qualquer pessoa muito mais estilosa em diversas ocasiões.

A verdade é que o trucker é democrático e combina com diferentes estilos, o que funcionou perfeitamente com o estilo versátil e desprendido do streetwear. Uma moda que tem como base a sua personalidade e também o caráter urbano, priorizando mais a expressão do indivíduo do que uma tendência única que restringe o que usar.

Diversos ícones resolveram cair na estrada no maior estilo aderindo o trucker como indispensável companheiro de jornada. A Artseries não poderia deixar de incluir este item já tradicional à estética Rock n’ Roll, street, do estilo despojado, do arrumadinho, casual ou ate mesmo o despretensioso em seu catálogo. Por isso, criamos uma coleção especial para você.

Há muitos modelos e categorias de bonés, e cada pessoa tem preferência por algum tipo, mas um dos modelos que é praticamente unanimidade entre os usuários é o estilo de boné trucker, por sua versatilidade.

TRUCKER

Esse modelo de boné inicialmente surgiu nos anos 80 como uma peça promocional de divulgação de marcas de produtos  agrícolas e automobilísticos para ser doado a trabalhadores rurais e caminhoneiros (por isso o nome Trucker), justamente por sua principal função: refrescar o couro cabeludo, uma vez que a telinha dá muito mais ventilação a cabeça que um boné com outro tipo de tecido.

Como essa funcionalidade realmente trouxe um diferencial de conforto e ainda de estilo, logo caiu no gosto popular, e no final dos anos 90 e início dos anos 2000 regressou como um item de moda, sendo amplamente utilizado por artistas de diversas áreas e sendo um dos preferidos do público do rock.

Comments (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

WhatsApp Dúvidas ? Clique aqui